Hospedado em Gramado dá para fazer o passeio de um dia para Cambará do Sul. Os turistas saem de manhã e voltam para curtir a gastronomia de Gramado e o conforto do Zermatt Hotel. Para quem gosta de lindas paisagens e aventuras, visitar os Cânions Itaimbezinho e Fortaleza a apenas duas horas de distância é um passeio imperdível.

o Itaimbezinho é menor, mas impressiona pela densa vegetação que cobre seus paredões, enquanto o Fortaleza prende a atenção por sua profundidade e extensão.

O Itaimbezinho é o cânion mais famoso da região. Fica localizado no Parque Nacional de Aparados da Serra, distante 18 km do centro de Cambará do Sul.

Seus paredões com 5,8 km de extensão e 720 metros de profundidade encantam visitantes de todo mundo. O nome é de origem tupi guarani e significa “ita”, que é pedra, e “aimbé”, que quer dizer cortada. Ao observar as paredes íngremes, que parecem ter sido cortadas a facão, logo se entende porque os índios deram o nome de Itaimbezinho.

Visitado por milhares de pessoas todos os anos, o Cânion Itaimbezinho propicia a realização de diversas atividades, como trekking e passeios de bike. Na parte de cima, é possível caminhar por duas trilhas: a do Vértice e a do Cotovelo. Já na parte de baixo, os visitantes podem se aventurar na Trilha do Rio do Boi, uma verdadeira expedição por dentro do cânion.

Cânion Fortaleza – Parque Nacional da Serra Geral

Localizado no Parque Nacional da Serra Geral, a 23 km do centro de Cambará do Sul, o Cânion Fortaleza é considerado um dos mais exuberantes da região.

Possui 7,5 km de extensão, 2.000 metros de largura e uma altitude de 1.240 metros acima do nível do mar. Os seus paredões lembram muralhas, essa é a origem do nome Fortaleza.

As principais trilhas são: a Trilha do Mirante, onde é possível ver a grandiosidade do cânion e, em dias claros, parte do litoral gaúcho; a Trilha da Cachoeira do Tigre Preto onde despencam as águas do Arroio Segredo;  a Pedra do Segredo, um bloco de rocha de 5 metros de altura, pesando 30 toneladas, equilibrada numa base de 50 centímetros. Um verdadeiro segredo!

Borda Sul – Trilha para observação da extensão total do cânion Fortaleza. O percurso total da caminhada é 10 km e sua duração varia de 5 a 6 horas. Inicia-se a caminhada pela Pedra do Segredo, que é um bloco de rocha de aproximadamente 5 metros de altura que está apoiado em uma base muito pequena em relação ao seu tamanho.

Deste ponto é possível observar também o início do cânion em meio à “mata nebular”, formação vegetal endêmica da borda dos aparados.

Em seguida,  cachoeira do Tigre Preto com seus aproximadamente 250 metros de altura. A partir daí, segue-se pela borda do cânion com objetivo de chegar até o ponto chamado de mirante, a 1.112 metros acima do nível do mar.

Na caminhada da borda dá para observar praticamente todas as paredes e fendas do cânion, além de toda morfologia do relevo dos campos de cima da serra, seus ecossistemas e sua fauna. O mirante possibilita avistar o litoral, a cidade de Torres, o planalto, a encosta, a planície catarinense, toda a extensão do cânion com seus 7,5 km e suas paredes mais profundas de 900 metros de altura.

O cânion Fortaleza é o mais conhecido do Parque Nacional da Serra Geral e também o mais visitado. Não possui nenhuma infra-estrutura a não ser uma casa onde ficam os guardas que fazem o controle do número de visitantes.

Veja fotos dos Cânions Itaimbezinho e Fortaleza:

Com informações de:
Prefeitura de Cambará do Sul
Viagem e Turismo