O Lago negro é um ponto turístico muito querido de Gramado, na Serra Gaúcha. Pode-se dizer que é o cartão-postal da cidade. O local conta com entrada gratuita e possui completa infraestrutura para receber bem os turistas, como cafeteria e sanitários. Tudo muito limpo e organizado.

Logo na entrada do parque, o visitante fica sabendo um pouco mais sobre como surgiu o Lago Negro através de uma placa de boas-vindas.

O local era uma mata consumida por um trágico incêndio nos idos dos anos 40 que durou dias e devastou tudo a seu redor. A volta por cima veio com a construção dessa atração que hoje em dia é um dos principais pontos turísticos de Gramado. Inclusive, já fizemos um post aqui falando os 10 motivos para visitar Gramado e o Lago Negro está listado entre eles.

Foi o administrador e morador local Leopoldo Rosenfeldt quem construiu o lago artificial no local que já foi chamado um dia de Vale do Bom Retiro.

Seu nome Lago Negro se dá por conta das árvores que margeiam a lagoa de águas verde-escuras, trazidas da Floresta Negra da Alemanha. O visitante poderá caminhar por uma extensa trilha aos arredores do Lago, com 740 metros. Para pessoas idosas ou com necessidades especiais tem um carrinho elétrico que pode ser alugado.

Nada melhor que passear por um lugar assim, bucólico, esquecendo de todos os problemas da vida. Dá até para fazer um piquenique nos seus belos gramados. Na trilha, você verá diversas espécies de flores, como hortênsias e azaleias, pequenos arbustos e troncos de árvores transformados em bancos para se sentar.

O ponto forte do Lago Negro de Gramado são os pedalinhos em formato de cisnes. É um passeio pago à parte, ideal para quem viaja a dois ou com a família. As filas dos pedalinhos são inevitáveis na alta temporada, mas vale muito a pena esperar. Aproveite a companhia dos animais que vivem no lago, como patos e marrecos.

Próximo da entrada e saída dos turistas, há um grande chalé de madeira com ares europeus, o Paradouro Lago Negro, com lojas, entre elas de souvenirs, água mineral, artesanato, pilhas e baterias, chocolates (da famosa Caracol), chocolate quente, sorvetes, café e um dos principais pratos típicos de Gramado: fondue.

Para quem quiser almoçar ou mesmo fazer um lanche após o passeio, À La Minuta é o restaurante localizado no Paradouro que oferece pratos muito bem servidos. A sugestão é experimentar o pastel de strogonoff. É uma delícia! Certamente, uma ótima opção gastronômica para quem visitar o Lago Negro.

O local ainda guarda outras surpresas, como a escultura de uma grande formiga em metal que não escapa das fotos dos turistas. No meio de sua vegetação exuberante, possui ainda uma escadaria que leva ao Santuário Nossa Senhora dos Milagres.

Durante o Inverno, faz bastante frio por aqui e pode até surgir neblina intensa, impedindo o passeio dos pedalinhos. Já no Verão, as temperaturas sobem e as tardes de céu anil escuro deixam o cenário ainda mais bonito.

O Lago Negro fica próximo ao centro da cidade. Para quem curte caminhadas dá até para ir a pé. Leva em média uns 20 a 25 minutos do centro da cidade até o Lago Negro. Fica bem perto do pórtico de entrada de Gramado via Nova Petrópolis.

Se você está procurando o que fazer em Gramado, conhecer o Lago Negro é um dos passeios praticamente obrigatórios. Junto ao Lago Negro, agora existe a Concierge Gramado, uma nova visão sobre o tratamento ao turista, repassando informações e atendimento que valoriza a cultura local. Vá e não se arrependerá depois!

Hotel em Gramado

Gramado possui uma excelente rede hoteleira para receber bem os turistas. Aqui você encontra diversas opções de hospedagem, para todos os gostos e bolsos. Inclusive, há ótimas dicas de hotel barato em Gramado, não precisa pesquisar muito.
O Hotel Zermatt, por exemplo, é um hotel econômico que dispõe de um café da manhã estilo colonial, sala de jogos, área de lazer, rede Wi-Fi e estacionamento.

Esse hotel familiar na Serra Gaúcha certamente vai encantar você e sua família. O hotel fica no bairro Bavária, um dos mais nobres e arborizados da cidade. Fica perto também do Pórtico de Gramado, Igreja do Relógio, Parque do Lago Negro e muito mais. Para quem gosta de caminhar é uma boa opção.

Experimente conhecer a cidade caminhando até o centro, visto que leva alguns minutos a pé. Entre as atrações turísticas mais próximas, estão o Mini Mundo e Lago Negro. A dica é ir parando pelo caminho, apreciando as belezas locais.

Os quartos são amplos, confortáveis e seguros, principalmente para quem viaja com crianças. Possui acomodações no térreo e nos outros três andares. Alguns quartos possuem varandas. O controle de temperatura do ar-condicionado é no quarto, que possui TV de tela plana e minibar. Local calmo e tranquilo, sem agitação!

No Hotel Zermatt existem opções de quartos duplos para acomodar tranquilamente famílias maiores em aconchegantes quartos com lareira ou varanda.

O serviço de hotelaria é exemplar, desde a solicitude em chamar um táxi e/ou uber, passando pelo ótimo café da manhã e terminando com o excelente serviço de arrumação diária dos quartos. As diárias incluem café da manhã, acesso ao Wi-Fi e estacionamento grátis.

Os funcionários são educados e simpáticos, com atendimento imediato de quarto. Os hóspedes costumam elogiar bastante o café da manhã que oferece itens caseiros da Serra Gaúcha. O Hotel Zermatt possui ainda sistema de aquecedor central que liga automaticamente aos 13ºC, além de contar com salão de café.

Há também uma sala de jogos e um lounge com lareira. O Zermatt oferece ainda serviço de informações turísticas, inclusive com venda de ingressos para passeios e excursões. Tudo para deixar a sua estadia ainda mais agradável e satisfatória.

Se você planeja vir para Gramado, não adie seus planos! Faça uma simulação da sua reserva ou escreva para nós no WhatsApp. Esperamos por você e sua família com toda a infraestrutura e conforto.