Dia 24 de outubro começam os espetáculos!

Gramado fica inteirinha decorada, parecendo uma cidade cenográfica, é a melhor época do ano para visitar.

 

 

Os espetáculos pagos foram inteiramente renovados, o festival natalino começa com uma solenidade oficial de abertura com a Orquestra Sinfônica de Gramado no Palácio dos Festivais, às 19h. Em seguida, tem a estreia do Show de Acendimento, às 20h, bem no centro da cidade, no Cinema.

A partir daí, são quase três meses de apresentações diárias, entre shows, espetáculos musicais, desfiles, paradas, concertos e apresentações teatrais. Ao todo, são mais de 500 atividades, a maioria gratuita, ao longo dos 81 dias do evento.

 

 

 

 

 

Esta edição tem três espetáculos pagos (ingressos a partir de R$ 165). O “Illumination” é um concerto às margens do Lago Joaquina Rita Bier, repleto de efeitos especiais. O show conta com bailarinos, coral, percussionistas e narração de Cid Moreira. O “Bosque de Natal” é um teatro musical. Já o desfile A Magia do Noel resgata a origem religiosa do Natal, sem esquecer a figura do Papai Noel.

Trupe de Natal é formada por seis personagens, que misturam músicas e poesias para traduzir em cena as mais variadas tradições do Natal.

Tannenbaumfest , ou Festa dos Pinheiros, reúne moradores e turistas de Gramado para colorirem ainda mais a cidade. Empresas, hotéis e restaurantes se encarregam de “adotar” um entre os pinheiro enfileirados ao longo da Avenida Borges de Medeiros, a principal da cidade. Este grande encontro, no dia 3 de novembro, é realizado com muita música e participação de todos.

Parada de Natal , que também acontece ao longo da Avenida Borges de Medeiros, conta com a Roda Sinfônica, uma “pequena roda-gigante” com músicos. A Vila de Natal reúne expositores e recebe a visita da Trupe de Natal. Na Vila também fica a Casa do Papai Noel , onde o Bom Velhinho recepciona as pessoas e ouve seus pedidos.

Os shows da Rua Coberta são outra atração, num dos locais mais apreciados da cidade, tendo ainda outras atrações dentro da programação do Natal. E a Árvore Cantante , já uma tradição da cidade, apresenta corais convidados de todo o Rio Grande do Sul com repertório temático.

Com informações de O Globo.