No Brasil, as férias do meio de ano acontecem justamente na estação mais fria. Ainda que o inverno do país não seja tão rigoroso, o sul reserva as menores temperaturas e, às vezes, temos a ocorrência de neve na serra gaúcha.

O clima de Gramado é temperado, favorecendo as baixas temperaturas no inverno, ao contrário da maior faixa do país onde o clima tropical garante apenas temperaturas mais baixas. Em alguns lugares, podemos dizer que as temperaturas ficam “menos altas” durante esse período.

A localização geográfica não é o único fator que favorece as baixas temperaturas em Gramado e Canela, grande parte do frio se deve também a altitude elevada e ao fato de estar num local de serra, a 830 metros acima do nível do mar.

Embora algumas cidades do sul do Brasil apresentem temperaturas mais baixas, poucos lugares oferecem a estrutura e o acolhimento de Gramado. Alguns turistas comparam a visita à cidade como uma viagem a Europa sem sair do país. Isso se deve não apenas ao clima, mas a todo ambiente, seja pela natureza, com seus pinheiros e árvores típicas do velho continente, seja pela arquitetura das casas ao melhor estilo europeu.

Não é em todo inverno que o turista se depara com a neve em Gramado, porém, as baixas temperaturas – muitas vezes chegando abaixo de zero grau – são tidas como certas e, curtir o frio e tudo que ele oferece é garantido a quem viajar para Gramado no inverno, especialmente no mês de julho.

 

O que fazer no Inverno de Gramado

A alta temporada em Gramado reserva muitas atrações e passeios diversos. Se a neve natural não é garantida, o parque Snowland garante neve o ano todo. Com diversas atividades como: patinação no gelo, snowboard e o tubing, uma boia gigante na qual o visitante pode descer a montanha de neve. Quem prefere menos adrenalina pode aproveitar os brinquedos eletrônicos, o cinema 4D, andar pelos simuladores de aventura e apreciar as belas apresentações de patinação artística.

Para as crianças menores, a diversão também é garantida através da área kids e do passeio pela caverna do Yeti, o lendário Pé Grande. Vale lembrar que no parque a neve é verdadeira, passando a todos a real sensação de estar no ambiente nevado.

Passar as férias de julho em Gramado é sinônimo de estar com os filhos. A criançada não pode passar pela cidade sem conhecer um de seus moradores mais ilustres, estamos falando do Papai Noel.

Como estamos a seis meses do natal, para encontrar o Bom Velhinho só indo até a casa dele, não é mesmo? A Aldeia do Papai Noel é um parque temático, o único parque natalino da América do Sul.

Funcionando o ano todo, a aldeia apresenta diversas atrações. As temperaturas mais baixas do inverno garantem o clima de magia natalino e a sensação mais próxima de estar no Pólo Norte.

Entre as atrações do parque estão as renas verdadeiras, a fábrica de brinquedos e o alojamento do Papai Noel. Os turistas podem também se divertir andando no trenó suspenso ou no Monorail, um trem que se move sobre um trilho suspenso, levando as pessoas por um belo passeio à beira do Vale do Quilombo. Do mirante localizado na aldeia é possível apreciar toda a beleza do Vale que fica entre as cidades de Gramado e Canela. Vale muito a pena tirar uma fotografia desse belo cartão postal.

Dentre os passeios em Gramado, o Lago Negro é um dos mais agradáveis e de fácil acesso. Localizado a apenas 10 minutos do centro da cidade, o parque funciona 24 horas e a entrada é livre.

Quem visita o parque conta com lojinhas em seu entorno. Dentro do Lago Negro é possível passear de pedalinho ou simplesmente apreciar a bela paisagem, composta de pinheiros trazidos da região da Floresta Negra na Alemanha e pelas Azaleias que florescem durante o inverno. Com o friozinho a dica é apreciar o pôr-do-sol enquanto se prova um típico chimarrão gaúcho.

O inverno em Gramado e Canela atrai turistas de todos os cantos do país e, se tem algo que todos buscam, é se alimentar bem. Com o frio nosso corpo está sempre em busca de algum alimento para nos aquecer e, logicamente, a procura é por algo que ao mesmo tempo seja prazeroso ao paladar.

Se existe um alimento perfeito para o frio, esse é o chocolate. O Mundo Chocolate é um daqueles lugares que prometem agradar os olhos e nos deixar com água na boca. O parque apresenta esculturas dos principais pontos turísticos do mundo feitos de chocolate, além de animais e diversos outros objetos. Entre as esculturas existe uma Torre Eiffel de 4,22 metros de altura.

No parque há uma mini fábrica de chocolates Lugano, onde o visitante pode se deliciar com diversas receitas e até elaborar a própria versão do doce. Na lojinha é possível comprar uma lembrancinha de chocolate. O difícil é resistir a tentação e conseguir que a lembrança chegue inteira até seu destino.

Outro alimento que é quase que obrigatório aos turistas da Serra Gaúcha é o fondue. O prato típico de inverno foi inventado na Suíça durante a segunda guerra mundial e por aqui ganhou diversas versões. É possível  provar diversas combinações: Tradicional e na pedra, com queijo, carne e chocolate. Outros pratos como salmão, patos e massas também são servidos em aconchegantes restaurantes.

 

Hotel em Gramado

Com várias opções de passeio é importante saber onde ficar em Gramado e Canela. O Local de hospedagem precisa necessariamente ser aconchegante. O Zermatt Hotel fica pertinho do centro de Gramado e se você gosta de caminhar, dá para ir até o centro a pé tranquilamente.

O Zermatt Hotel é um hotel 3 estrelas, com ambiente familiar. São 61 quartos aconchegantes, equipados com frigobar, TV, ventiladores de teto e Wi-Fi. Os quartos de categoria mais alta incluem áreas de estar. Também temos varanda e lareira disponíveis em alguns tipos de hospedagem.

O buffet de café da manhã é cortesia e recheado de delícias caseiras de Gramado, são todas produzidas aqui mesmo em nossa cozinha.

Entre as comodidades, o hotel oferece sistema de aquecimento central, lounge com lareira, sala de jogos e estacionamento gratuito. Faça uma simulação da sua reserva ou escreva para nós no WhatsApp.